quinta-feira, 23 de março de 2017

Stop War

Eu gosto muito de ensinar. Gosto desse desafio. Gosto da adrenalina de ter que saber mais para ensinar melhor.

Mas no meu tempo, gasto tão pouco com isso.

Temos que passar constantemente o tempo todo a resolver guerras:

- são guerras entre treinadores
- são guerras entras as quintas
- são guerras dos diretores
- são guerras dos dirigentes
- são guerras dos pais
- são guerras dos clubes
- são guerras das atletas
- são guerras até do homem que vai a cruzar a esquina.

Isso desgasta. Retira-nos tempo para ensinar de cabeça limpa. Retira-nos tempo para aprender mais. Retira-nos o tempo que queríamos para fazermos o que realmente gostamos da melhor forma.

O ser humano é, sem duvida, um filho da mãe.

Sem comentários:

Enviar um comentário